terça-feira, 1 de setembro de 2009

Apologia ao chá-verde

-Que é isso?
-Chá verde com mostarda, pimenta e brócolis.
-Eca, parece horrível.
-Não é muito gostoso mesmo.
-Então por que você toma?
-Pra acelerar meu metabolismo e fazer meu corpo gastar mais calorias diárias, acelerando meu processo de emagrecimento. Essa mistura combinada a fortalecimento muscular vai me deixar magérrima.
-Que paranóia! Você já é magra, por que você quer ficar ainda mais?
-pra ser bonita.
-ser bonita é ser magra?
-claro que é, você não sabia que modelo tem um peso mínimo?
-mas você quer ser modelo então?
-não
-então não entendi, pra que ser igual a uma modelo se você não quer ser modelo?
-Eu só quero parecer uma modelo, entendeu?
-Ah, agora sim. Você quer se parecer com aquilo que você não é?
-Não é assim também.
-Então é como?
-Só quero que as pessoas gostem mais de mim.
-As pessoas não gostam de você?
-gostam, mas quero que gostem mais e pra isso elas têm que gostar da minha aparência.
-Tem que gostar do que você parece, mas não do que você é?
-Elas podem gostar do que eu sou também.
-E o que você é?
-Não sei direito. O que você acha?
-Eu acho que você é alguém que quer parecer modelo mas não é, e toma chá verde com mostarda, pimenta e brócolis mas não gosta.
-Isso não soa muito legal. E você, o que é?
-Sou um adolescente que vive numa sociedade em que os termos da modernidade estão radicalizados, e isso somado a globalização que ao levar para todos os cantos culturas hegemônicas em detrimentos de culturas locais provoca uma crise de identidade, confusão de valores e referenciais que me faz perder o norte do auto-conhecimento e não saber qual minha função social nem quem eu sou.
-Onde você aprendeu tudo isso?
-Encontrei um livreto de sociologia jogado no chão da academia e estava escrito isso na contra-capa.
-Você faz academia?
-Claro que faço! Faço academia, pilates e boxe, faço refeições com poucos carboidratos e quando me dá fome só bebo água, tudo pra ser mais bonito, igual aos modelos, e as pessoas gostarem mais de mim.
-Que legal! Quer tomar um chá-verde com mostarda, pimenta e brócolis comigo?
-Ah não, isso é coisa de paranóico.